CIJF

O Centro Industrial de Juiz de Fora (CIJF) foi fundado no dia 27 de junho de 1926, por um grupo de empresários, com o objetivo de debater e defender os interesses da classe industrial e da população de Juiz de Fora e região. Naquela década, Juiz de Fora já possuía um número expressivo de indústrias e o Brasil atravessava um período de transição política que afetou diretamente os setores social e econômico.

O primeiro presidente do Centro Industrial foi o empresário Augusto Botelho Junqueira. Desde então, a instituição desenvolve um trabalho de conscientização sobre a necessidade da inscrição e do registro de novos sócios.

Desde sua fundação, o Centro Industrial de Juiz de Fora já se fazia ouvir em suas reivindicações nas áreas municipal, estadual e federal. Buscando melhores condições de trabalho e desenvolvimento, a entidade está firmemente inserida no contexto econômico e social, tomando posições através de movimentos a favor da classe industrial.

Sua principal missão é liderar o processo de fomento e evolução da indústria da Zona da Mata, contribuindo para o aperfeiçoamento empresarial e para a melhoria das condições sócio-econômicas da região.

O CIJF sempre contou com a indispensável participação dos Sindicatos ligados à representação patronal da indústria, hoje em número de 13, e da própria FIEMG – Federação das Industrias do Estado de Minas Gerais.

Através do associativismo, fundamentado em suas entidades representativas, torna-se possível enfrentar novos desafios, em busca do desenvolvimento industrial contínuo e de práticas sustentáveis. Com ética e honestidade, o Centro Industrial de Juiz de Fora trabalha para a melhoria dos índices sociais, através de geração de empregos e renda. Hoje, é difícil dissociar a trajetória da entidade da trajetória do crescimento industrial que o município de Juiz de Fora experimentou ao longo do século XX.